O QUE É PRECISO PARA QUE UMA NAÇÃO SE DESENVOLVA?

0
19

Para que ocorra acúmulo de capital, e para que outros fatores de produção sejam empregados com inteligência, os empreendedores fazem seus cálculos com base no valor do dinheiro. É assim que eles tentam avaliar se alguma coisa vai dar lucro ou prejuízo.

Se os empreendedores precisam calcular o valor do dinheiro, é óbvio que a sociedade deve ter algum tipo de economia. E também é óbvio que, quanto mais livre for esta economia, mais “real” será o valor dinheiro – e mais corretas serão as projeções de lucros ou prejuízos.

Então, para que os empreendedores exerçam sua “função social”, precisamos de um sistema de trocas voluntárias. Um sistema onde o valor do dinheiro resulte de ação voluntária tanto da parte dos compradores quanto dos produtores e dos vendedores. E precisamos, evidentemente, do fundamento institucional que baliza toda e qualquer troca voluntária: a Propriedade Privada.

A lição aqui é bem simples: se pretendemos promover o florescimento de uma sociedade, e torná-la madura e sábia, precisamos de instituições que estimulem a divisão de trabalho, a formação de capital, o auto-pertencimento, a propriedade privada e o empreendedorismo. Qualquer coisa fora disso não é “estimular o crescimento”: é construir uma creche socialista e tirânica.

Deixe uma resposta