4 LIÇÕES DOS FUZILEIROS NAVAIS

0
1144

Assim como os romanos, os macedônios e os persas no auge de suas civilizações, se existe uma coisa que os norte-americanos sabem fazer é guerrear. Ainda que a guerra seja uma lástima, é inegável que os conflitos armados produzem avanços tecnológicos – seria uma ingenuidade negar isso.

Além dos equipamentos, dos remédios, das técnicas de combate e resgate, da logística alimentar e de toda uma engrenagem de métodos associados, os cenários de batalha costumam produzir insights valiosos sobre liderança e gerenciamento de recursos humanos em situações de extrema pressão.

No caso dos Marines – o famoso corpo de fuzileiros navais dos EUA –, esses conceitos podem ser condensados em algumas lições aplicáveis não somente a soldados, mas à vida como um todo:

LIÇÃO 1 – A HORA DE SE PREPARAR FOI ONTEM.

Se você parar para perguntar a que velocidade deve correr para escapar de um tiroteio, você não estará correndo rápido o suficiente. Uma vez no campo de batalha, seu tempo de preparação se foi. A hora é agora.

Não interessa qual é o seu trabalho: para ser bem sucedido, você deve preparar previamente seu corpo, sua mente e sua equipe. Pense nos cenários possíveis, mentalize o que poderia acontecer, faça planos, crie alternativas. Um capitão hesitante põe todos em risco: uma estratégia que provavelmente está certa, mas que é implementada imediatamente, sairá melhor que um plano perfeito colocado em prática 3 dias tarde demais.

E o que pode ser pior que um líder indeciso? Fácil responder: um time que não atua como um time. Se um pelotão atacar simultaneamente em duas direções diferentes, ele acabará dividindo-se ao meio – e cada metade será mais fácil de ser derrotada que um conjunto inteiriço. Ao confrontar um problema, analise-o, tome uma decisão, encontre o consenso e então aja! O ideal é que seu time tenha praticado aquela situação anteriormente. Se isso não foi feito, comunique-se calma e claramente com sua equipe. Proceda com confiança, convicção e energia explosivas.

LIÇÃO 2 – SEJA PARTE DE UM PLANO MAIOR.

Estar disposto a sacrificar-se pelo bem maior é a grande marca de um líder. Uma das tarefas mais duras de um comandante de pelotão é empenhar-se e aos seus homens em uma missão que deve ser levada a cabo custe o que custar, mas que oferecerá a cada um deles um sério risco de morte. Um Marine nunca foge desse dilema e, sem hesitação, aceita o risco extremo. É para isso que eles são treinados: para ser parte de um plano maior.

Como um líder, você é um servo antes de qualquer coisa. Você existe pelo seu time, para cuidar deles, para assegurar que todos possuem as ferramentas necessárias para vencer. E seu time pode ser sua família, sua equipe de trabalho ou os amigos dentro do seu círculo de confiança.

Um líder cuja reputação foi construída sobre egocentrismo, soberba ou empáfia, raramente conquistará a lealdade ou o respeito de seus companheiros. Mas, no momento em que você dá um passo para trás e reconhece sinceramente que não é sobre mim, mas sobre todos nós, grandes coisas se tornam possíveis.

LIÇÃO 3 – SE VOCÊ NÃO SABE, PERGUNTE.

Não existe nada de louvável em fingir saber algo que você não tem a menor ideia a respeito. Cedo ou tarde, esse tipo de pretensão irá retornar para morder os seus calcanhares – ou, pior, morder todos ao seu lado.

Fazer perguntas não é um sinal de fraqueza, mas inteligência. Em várias ocasiões em sua vida, você esbarrará em algo desconhecido. Invista seu tempo para esquadrinhar aquilo, informe-se com pessoas mais experientes. Estude! Cada pequeno pedaço de informação poderá se mostrar crucial adiante.

LIÇÃO 4 – CONFIANÇA E RESPEITO SÃO TUDO.

Liderança definitivamente não significa ser amigo de todo mundo. E também não é algo que possa ser resumido em poucas frases ou bordões de efeito. Entretanto, ao mesmo tempo, liderança é uma qualidade simples, objetiva, honesta e franca. É fácil de ser reconhecida. Ela demanda respeito e confiança.

Será a soma de suas ações que definirá a essência de sua autoridade. Ser capaz de aprender e fazer perguntas, dedicar-se de corpo e alma ao seu time, fazer o dever de casa, elaborar planos detalhados, ser vigoroso e consistente no trabalho pesado e desenvolver boas ferramentas de comunicação interpessoal são atributos que garantirão sua estima por todos à sua volta. Invista nisso.

Deixe uma resposta