COMO ESCOLHER A MULHER PARA VOCÊ?

0
404

 

Meu amigo Sr. XPTO, 59 anos, conta: “O que eu esperava que o casamento fosse: risadas, fazer tudo juntos, desde pagar contas no banco até sair para uma balada, ver filmes no sofá da sala, e decidir por coisas sem importâncias de casa, como a marca do liquidificador ou a cor das paredes do quarto de casal. E toda essa doce sintonia seria permeada por bons momentos de sexo, e envelheceríamos juntos, cheios de afeto e boas recordações”.

Ele suspira, dá um olhar perdido e continua: “Mas o que eu recebi foi uma mulher que, poucos meses após o casamento, se tornou uma filha da puta manipuladora, desprezível, materialista, que se importa apenas com quanto eu ganho, sempre pedindo presentes novos. Troquei nossas alianças por um outro par umas 10 vezes mais caro antes de completarmos 1 ano de casamento, porque ela queria porque queria um anel maior e mais brilhante”.

“Ela gasta fortunas em roupas e sapatos e tratamentos dermatológicos, mas nunca investe um centavo sequer para melhorar nossa vida juntos. O grande erro nisso tudo? Eu deveria ter levado pelo menos mais uns 4 anos conhecendo-a antes de decidir casar. Não deveria ter deixado o sexo – que era excelente – turvar meu raciocínio”.

Sr. XPTO não está sozinho em suas queixas. Ainda há tempo de corrigir seus erros, mas seria bem mais prático se ele não os tivesse cometido em primeiro lugar. Ele deveria ter prestado mais atenção em que tipo de mulher sua mulher se transformaria.

Além da presença ou não de um certo instinto materno, existem outros dois indicadores bastante significativos que mostram que tipo de esposa sua namorada será. Primeiro: se ela tem um emprego de verdade, trabalha pra valer, é independente e ganha seu próprio dinheiro, existe uma grande probabilidade dela ser uma esposa melhor. Mulheres não foram feitas para tirar férias perpétuas no papel de esposa. Ser sua mulher deve ser apenas um aspecto da vida dela, assim como seu papel de marido não resume quem você é.

Segundo: o que ela gosta de assistir? Ela gosta de programas de TV que são desafiadores, aventureiros e intrigantes? Ou ela prefere filmes românticos, programas de auditório, séries e novelas? Se ela gosta deste último tipo de programação, a possibilidade é que ela seja uma carente sugadora de atenção e tenha expectativas completamente irrealistas da vida.

Para quem ainda não é casado, uma dica de ouro: sempre lhe disseram para olhar para a mãe de sua futura esposa, pois sua esposa invariavelmente irá se tornar daquele jeito no futuro. Pois eu iria mais além: observe seu sogro, não sua sogra. Não interessa como ELA é: se ELE está satisfeito, feliz e sorridente depois de vários anos de casamento, então ESSA é a informação valiosa que você estava buscando. Se a sua sogra é deslumbrante, mas seu sogro vive acabrunhado, sem brilho ou alegria, reveja sua escolha. Aquele sujeito desanimado pode ser você no futuro.

Deixe uma resposta