SOBRE A HUMILDADE, O CONHECIMENTO E CERTOS LEÕES

0
1954

Em uma tréplica de um artigo recente, me perguntaram: “Não seria a Humildade o caminho mais virtuoso para o Conhecimento – e a Arrogância, a demonstração de tal Conhecimento sem o devido pudor?”

Vamos lá: o que nos conduz ousadamente ao Conhecimento é o eterno desejo humano por Poder – Poder sobre a natureza, sobre as incertezas, sobre as necessidades, sobre outros humanos ou sobre si mesmo.

Por isso a Humildade, ao empacotar o sujeito nas fronteiras de suas hesitações, é nada além de uma desculpa para a auto-indulgência. É o refúgio de quem prefere isentar-se do esforço público necessário para progredir. Dizer-se “humilde” é uma impostura ou uma escapatória para não arriscar-se na floresta selvagem das opiniões e das atitudes, sussurrando ecos afáveis no zoológico do politicamente correto ao invés de expor-se no descampado aberto com sua própria Voz.

E quanto a preocupar-se em “limitar a demonstração de Conhecimento por pudor”, entenda que isto significa consentir com o nivelamento da inteligência humana pela graduação do menos capaz – seria como um bando de leões optar por perseguir a zebra segundo a velocidade do felino mais lento no grupo.

Basta uma espiadela no meio-ambiente para perceber que este jamais foi o modo de proceder da Natureza: a Seleção Natural desconhece a Humildade. Seja despretensioso, modesto ou pudico e você será escravizado pela vontade alheia ou extinto pela inércia, tal é o recado inequívoco da estrutura do mundo.

Portanto, quando alguém reclamar que você não está sendo “humilde” pois está correndo rápido demais, saltando alto demais, rugindo forte demais, sabendo coisas demais, não diminua o passo!, não se cale, não se intimide, não emburreça para diminuir o desconforto de outrem. Simplesmente ofereça-lhe a chance de descobrir como fazer o mesmo que você e deixe que a escolha pelo progresso ou pela ignorância seja uma responsabilidade dele consigo.

O Conhecimento que você detém é um Mérito de suas Virtudes, não uma dívida de seu caráter. Orgulhe-se dessa força. E então amplie-a.

Deixe uma resposta