5 MANEIRAS BEM SIMPLES PARA LEVAR UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL

0
589

Levar uma vida saudável pode lhe beneficiar de várias maneiras diferentes. Primeiro, serve de consolo dando a você a sensação de estar no comando de algo que não tem comando, apenas direção – a vida é uma linha reta cujo começo e fim, na maioria dos casos, não lhe cabe decidir. Mas escolhas saudáveis podem amplificar sua experiência neste mundo. Bons hábitos são uma aposta honesta para prolongar os anos de aprendizado e garantir mais energia, bem estar e confiança.

Então, que tal mudar algumas coisas e aprimorar-se? Aqui vão 5 dicas que você conhece há anos e vive postergando:

1. ADICIONE ALIMENTOS ORGÂNICOS Á SUA DIETA. TODO alimento é “orgânico”. Ninguém come chips de plástico ou peças de alumínio. Ou, se come, certamente esses componentes não são aproveitados como nutrientes, e o ideal seria agendar uma consulta psiquiátrica para essa pessoa ainda hoje.

Quando dizemos “orgânicos” estamos nos referindo àqueles alimentos que sua mãe vivia colocando no seu prato e que você, sorrateiramente, escondia debaixo da toalha da mesa: legumes, verduras, hortaliças, vegetais folhosos, frutas, etc.

Coisas orgânicas podem ser tão saborosas quanto coisas processadas, com a vantagem de possuírem nutrientes para os quais seu corpo foi genética e molecularmente preparado para metabolizar. Viemos da Natureza, não de um pacote de biscoito recheado.

Os produtos da feira são mais perecíveis e podem exigir algum trabalho antes de serem consumidos. Por isso, se você não tem esse hábito, comece aos poucos. Compre uma quantidade pequena das frutas que você gosta. Maçã, pera, goiaba, banana, tangerina e similares já vêm prontos, não necessitam grandes manobras de preparo, são fáceis de encontrar, estão disponíveis em vários formatos e em todas as estações.

Pouco a pouco, refine-se. Diminua a quantidade de pães, frituras e miojo e passe a incorporar tomates, pimentões, salsa, alface, couve e outras especiarias raras à sua alimentação.

2. COMECE UMA ROTINA DE EXERCÍCIOS COM UM AMIGO. Você é do tipo que, se guardasse todas as matrículas que já fez em academias, aulas de natação, hidroginástica, cross-fit, zumba, etc, iria precisar de um armário só para acomodar essa papelada? Se a resposta for um desavergonhado “sim”, não tema. Nem tudo está perdido.

Talvez o segredo para manter sua adesão a uma rotina de exercícios esteja em adicionar outra pessoa. É mais difícil matar as aulas e é mais divertido exercitar-se acompanhando de um amigo ou amiga.

Para tornar tudo ainda mais divertido, que tal adicionar atividades como escalada, jogar tênis, remar de caiaque ou surfar? Procure na sua cidade a disponibilidade de coisas desse tipo e vá rir do seu chapa.

3. FUJA DOS LANCHES RÁPIDOS. Comida de novo. Sim. Essa porcariada rica em calorias, açúcar e gordura não é saudável para o seu corpo e você sabe disso. Comidas industrializadas deixam você gordo e lento. Carregue em um mochila ou recipiente alimentos do item 1 desta lista e não se acomode com todas aquelas justificativas fáceis com que você vive se desculpando.

“Meu dia é corrido e eu não tenho tempo” não cola mais, amigo. Não a essa altura do campeonato.

4. FAÇA TRABALHOS VOLUNTÁRIOS. Fazer algo para os outros produz um bem-estar enorme. Será que onde você mora não existe algum tipo de trabalho voluntário do qual você poderia participar? Se esse trabalho for algo fisicamente exigente, como construir uma casa, por exemplo, melhor ainda. Sua mente e seu corpo ficarão satisfeitos e você terá a oportunidade de forjar grandes amizades enquanto pratica o Bem.

5. BEBA MAIS ÁGUA. Água custa menos que suco, refrigerante e café. Não contem calorias, gordura ou poluentes (atenção: isso pode não valer se você mora em São Paulo). Você não precisa tomar 6 litros por dia, mas preocupar-se com a hidratação é uma atitude sensata.

Tenha sempre na geladeira um recipiente com água filtrada, ou coloque um filtro de barro na cozinha, ou simplesmente mantenha ao seu lado uma garrafa com água. Essa última tem inclusive a vantagem de permitir que você saia do seu local trabalho em intervalos regulares, indo tomar um fôlego e relaxar um pouco com a desculpa irrepreensível de que “fui encher a garrafa”. E minutos depois você sair de novo dizendo que tem que ir ao banheiro urinar, “porque eu sou saudável e tomo muita água”. Sacou? O dia no serviço passa mais rápido e você ainda faz uma caminhada.

Todas essas dicas são medidas populares, porém cientificamente embasadas, absurdamente simples e com impactos positivos significativos. Implante-as e veja como elas funcionam. Que tal começar hoje?

Deixe uma resposta