OS TRÊS DILEMAS DO DIVÓRCIO

0
635

Uma vez conferida a lista de sinais e sintomas do divórcio, o homem que enfrenta o diagnóstico provável de um divórcio frequentemente está frente a frente com 3 dilemas:

1 – Eu quero a separação, mas não tenho bem certeza de que esta seja a decisão mais correta.

2 – Minha esposa é quem quer a separação. Eu, nem tanto.

3 – Eu só quero o divórcio porque o casamento não está funcionando.

No Dilema 1, provavelmente existem crianças envolvidas, além de bens, estilo de vida, investimentos emocionais e outros aspectos relevantes. A pressão para tomar a “decisão correta” é enorme e não existem garantias sobre QUAL é esta decisão. Na melhor das hipóteses, você pode estar tomando uma decisão neutra e não motivada pelo ego.

Dilema 2 oferece um cenário de desespero e vitimização. Sua vida está prestes a mudar num piscar de olhos e você não pode fazer coisa alguma quanto a isto. No meio da gigantesca devastação emocional, será que você não está se agarrando a um hábito, sofrendo pela perda de um terreno familiar ainda que ilusório?

Finalmente, no Dilema 3, você quer evitar a todo custo a responsabilidade pelo término, colocando toda a culpa nela. Isso produzirá raiva e rancor. Quanto mais alívio você demonstrar, maior será o barulho e mais intensas serão as demonstrações de frustração dela. Durante todo o processo, as acusações e o clima de tensão serão ainda piores que aqueles tolerados durante o casamento.

Se você observar atentamente, perceberá que o elemento comum em todos os 3 dilemas é o Medo. O medo de errar e ser injusto, o medo de reconhecer os problemas e admitir sua dependência do núcleo familiar, e o medo de assumir falhas e responsabilidades. Todos os 3 dilemas resultam em um período de profunda turbulência, batalhas e desgaste.

Qual é o seu dilema? Você reconhece o aspecto de Medo inerente a ele? É capaz de reconhecê-lo e está disposto a enfrentá-lo? Mas não responda isso. Ainda não. Guarde esta resposta para mais tarde. Antes, recomendo que pondere a respeito das 8 perguntas que devem ser feitas antes da separação.

 

Deixe uma resposta