Coenzima Q10 (Ubiquinona)

0
88

A Coenzima Q10 (também conhecida com Ubiquinona ou CoQ10) é uma benzoquinona lipossolúvel endógena encontrada em praticamente todos os tecidos humanos, tendo um papel central na cadeia mitocondrial de transporte de elétrons (por consequência, sua presença é crucial para a produção e utilização de energia). Nos EUA, a CoQ10 é o 3o suplemento alimentar mais consumido, perdendo para Vitamina D (1o) e Omega-3 (2o).

Existe um conjunto sólido de evidências mostrando que o uso desse suplemento reduz os danos causados por radicais livres no organismo, tornando a CoQ10 um excelente recurso para aliviar ou evitar diversos transtornos associados ao envelhecimento (p. ex.: infertilidade masculina, estados inflamatórios sistêmicos e insuficiência cardíaca). Apesar dos efeitos específicos da CoQ10 sobre a testosterona serem insignificantes, costumo prescrever a suplementação de CoQ10 na Terapia Pós-Ciclo (TPC) ou mesmo durante a Terapia de Reposição de Testosterona (TRT) em pacientes selecionados com Deficiência Sintomática de Testosterona (p. ex.: aqueles com idade acima de 60 anos e/ou portadores de doenças cardiovasculares).

Posologia usual: 1 cápsula de 200 mg VO de 12/12h, sendo considerada segura em doses de até 1.200 mg VO por dia

Principais Efeitos:
• Reduz os níveis circulantes de radicais livres
• Reduz estados inflamatórios sistêmicos
• Reduz a incidência de eventos cardiovasculares
• Melhora a fertilidade masculina

Para esclarecer dúvidas e obter maiores informações sobre uso de suplementos, entre em contato pelo whats CLIQUE AQUI 

____
Referências:

1. Safarinejad MR et al. Effects of the reduced form of coenzyme Q10 (ubiquinol) on semen parameters in men with idiopathic infertility: a double-blind, placebo controlled, randomized study. J Urol. 2012 Aug;188(2):526-31. doi: 10.1016/j.juro.2012.03.131.

2. Garrido-Maraver J et al. Coenzyme q10 therapy. Mol Syndromol. 2014 Jul;5(3-4):187-97. Doi: 10.1159/000360101.

3. Sarmiento A et al. Coenzyme Q10 Supplementation and Exercise in Healthy Humans: A Systematic Review. Curr Drug Metab. 2016;17(4):345-58. doi: 10.2174/1389200216666151103115654.

4. Banihani SA. Effect of Coenzyme Q10 Supplementation on Testosterone. Biomolecules. 2018 Dec 13;8(4):172. doi: 10.3390/biom8040172.

5. Hernández-Camacho JD et al. Coenzyme Q10 Supplementation in Aging and Disease. Front Physiol. 2018 Feb 5;9:44. doi: 10.3389/fphys.2018.00044.

6. Di Lorenzo A et al. Clinical Evidence for Q10 Coenzyme Supplementation in Heart Failure: From Energetics to Functional Improvement. J Clin Med. 2020 May; 9(5): 1266. doi: 10.3390/jcm9051266

7. Arenas-Jal M et al. Coenzyme Q10 supplementation: Efficacy, safety, and formulation challenges. Compr Rev Food Sci Food Saf. 2020 Mar;19(2):574-594. doi: 10.1111/1541-4337.12539.

8. Dludla PV et al. Coenzyme Q10 Supplementation Improves Adipokine Levels and Alleviates Inflammation and Lipid Peroxidation in Conditions of Metabolic Syndrome: A Meta-Analysis of Randomized Controlled Trials. Int J Mol Sci. 2020 May 4;21(9):3247. doi: 10.3390/ijms21093247.

 

ATENÇÃO: este texto tem intenção meramente informativa. Em caso de dúvidas, consulte seu médico de confiança. Evite a automedicação.

Deixe uma resposta