SUAS EMOÇÕES E A MANEIRA COMO A SOCIEDADE LHE VÊ

0
926

Será que o modo como você demonstra suas emoções influencia a maneira como a sociedade lhe vê e lida com você?

Um estudo realizado na Faculdade de Negócios da Universidade de Haifa (Israel) foi atrás dessa resposta e analisou o impacto de expressões faciais e corporais de “neutralidade”, “felicidade”, “tristeza” e “raiva”, e como as pessoas ao seu redor reagem a essas expressões.

Entre os homens, demonstrações de raiva e neutralidade levavam o sujeito a ser percebido como dominante em seu ambiente de trabalho, ao passo que manifestações de felicidade e tristeza tinham um efeito oposto: sorrir ou rir demais passava uma mensagem de fraqueza e fragilidade.

Do ponto de vista feminino, demonstrações de raiva foram associadas a traços de dominância, mas manifestações de felicidade, neutralidade e tristeza não.

A conclusão é: se você for homem e quiser se fingir de seguro, alfa ou dominante no escritório, nada de ficar recitando sonetos com olhares lânguidos na sala do cafezinho. Menos ainda ficar gargalhando feito um bobo alegre que acabou de tomar sua dose de fluoxetina.

Utilize seu olhar e sua linguagem corporal para transmitirem a ideia de que você pode ser um Hulk. Ou um bloco sólido de puro gelo. Ou um Hulk dentro de um bloco sólido de puro gelo. Ou puro gelo verde sólido. Ou qualquer coisa assim – o efeito será o mesmo. Só não fique rindo enquanto tenta isso.

Deixe uma resposta