ESTAMOS PRESTANDO A DEVIDA ATENÇÃO NAS VACINAS?

6
9301

Muitos países vêm apostando no emprego de campanhas de imunização em massa como a única alternativa possível para escapar das sequelas do Lockdown empregado como estratégia de enfrentamento contra a COvid19. Porém, essas campanhas estão produzindo resultados inusitados.

Vejamos 3 casos: Chile, Bahrein e Índia:

Em 24.12.2020, o Chile iniciou a vacinação com Pfizer-Biontech. Na época, a média de óbitos por Covid19 estava em 42 mortes (média de 7 dias). Em 02.02.2021, o Chile passou a adotar também a Coronavac. (1,2)

Após 6 meses de início da campanha de vacinação contra Covid19, o Chile apresenta uma média de óbitos por Covid19 de 98 mortes (média de 7 dias).

Ou seja: após 6 meses do início de sua campanha nacional de vacinação (que deveria estar salvando vidas!), o Chile apresenta uma média diária de mortos por Covid19 MAIS DE DUAS VEZES MAIOR que antes do uso das vacinas.

O Bahrein aprovou a vacina Pfizer-Biontech em 04.12.2020. Em 24.12.2020, o Bahrein iniciou sua campanha nacional de vacinação (3,4). Na época, o país apresentava uma média de 0 (ZERO) óbitos por Covid19 nos últimos 7 dias.

Em 23.05.2021, após 6 meses do início de sua campanha nacional de vacinação (que deveria estar salvando vidas!), o Bahrein apresenta uma incidência de 11 mortes por dia por Covid19 – que é MAIS DE 50% MAIOR que o maior número de mortes diárias causadas pela doença naquele país (7 mortos/dia em 09.10.2020, ANTES QUE QUALQUER VACINA ESTIVESSE DISPONÍVEL).

Finalmente, temos o caso da Índia:

Em 16.01.2021, a Índia iniciou uma grande campanha nacional de vacinação contra Covid19 (5). Na época, o país apresentava 181 mortes/dia por Covid19 (uma média semanal 182 mortes pela doença).

Em 26.04.2021, após 100 dias da campanha de imunização em massa, a Índia já havia administrado mais de 140 milhões de doses de vacina contra Covid19 (6).

Em 23.05.2021, a Índia apresenta 4.454 mortes/dia por Covid19 (uma média diária de 4.190 mortes nos últimos 7 dias).

Ou seja: em 2021, após 4 meses do início de sua campanha nacional de vacinação (que deveria estar salvando vidas!), a Índia apresenta MAIS DE 3 VEZES MAIS MORTES diárias que o pico da curva de mortes por Covid19 em 2020 (1.290 óbitos em 15.09.2020, ANTES QUE QUALQUER VACINA ESTIVESSE DISPONÍVEL). Em outros termos: após o início da vacinação nacional, o número de mortos pelo Covid19 na Índia AUMENTOU MAIS DE 24 VEZES (de 181 para 4.454).

Em 11 de maio de 2021, a revista Forbes publicou reportagem observando que 4 dos 5 países líderes mundiais na vacinação contra o covid19 estavam lutando para conter uma “nova onda” do vírus – com casos de infecção e mortes aumentando significativamente (7).

Se todos estes eventos não deveriam levantar algum tipo de alerta mundial para os gestores de políticas públicas de saúde, eu não sei mais o que deveria.

 

_______

Referências:

1) https://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2020-12/chile-inicia-vacinacao-com-imunizante-da-pfizer-biontech

2) https://www.cnnbrasil.com.br/internacional/2021/02/02/chile-comeca-vacinacao-em-massa-com-coronavac-nesta-quarta-feira-3

3) https://g1.globo.com/bemestar/vacina/noticia/2020/12/04/bahrein-aprova-vacina-da-pfizer-e-biontech-e-anuncia-que-iniciara-aplicacao.ghtml

4) https://noticias.r7.com/internacional/servia-kuwait-e-bahrein-iniciam-vacinacao-contra-covid-19-24122020

5) https://www.istoedinheiro.com.br/india-inicia-grande-campanha-de-vacinacao-contra-a-covid-19/

6) https://tvi24.iol.pt/internacional/nova-variante/covid-19-india-administra-em-100-dias-mais-de-141-milhoes-de-vacinas

7) https://www.forbes.com/sites/roberthart/2021/05/11/covid-surges-in-4-of-5-worlds-most-vaccinated-countries-heres-why-the-us-should-worry/?sh=5f8cb91ad677

6 COMENTÁRIOS

  1. 😮 O virologista francês e ganhador do Prêmio Nobel, Luc Montagnier, durante uma entrevista divulgada nesta última terça-feira (18/5/2021) apontou como “impensável” a vacinação em massa contra a Covid-19 durante a pandemia, e ainda um erro histórico que está “criando as variantes”, além de elevar a taxa de mortalidade pela doença.
    🧐
    “É um erro enorme, não é? Um erro científico e também um erro médico. É um erro inaceitável”, disse Montagnier, em uma entrevista traduzida e publicada pela RAIR Foundation USA. “Os livros de história vão mostrar isso, porque é a vacinação que está criando as variantes”, apontou o virologista.
    ☢️
    Muitos epidemiologistas possuem o conhecimento disso e estão “calados” sobre o problema conhecido como “aumento dependente de anticorpos”, disse Montagnier. “São os anticorpos produzidos pelo vírus que permitem que uma infecção se torne mais forte”, disse o pesquisador em uma entrevista a Pierre Barnérias da Hold-Up Media, no início deste mês.
    🦠
    Embora variantes de vírus possam ocorrer naturalmente, Montagnier disse que a vacinação está conduzindo o processo. “É claro que as novas variantes são criadas por seleção mediada por anticorpos devido à vacinação.”
    💉
    Vacinar durante uma pandemia é “impensável” e está causando mortes, declarou o vencedor do Prêmio Nobel de Medicina de 2008.
    O virologista e especialista em vacinas Dr. Geert Vanden Bossche, em uma carta aberta enviada à OMS ainda no início de março deste ano, também já havia alertado para o perigo da vacinação em massa nesse período da pandemia, podendo causar “variantes altamente infecciosas”.
    🩸
    “Devido à intervenção humana, o curso desta pandemia foi totalmente perturbado desde o início. Medidas de prevenção de infecção generalizadas e rigorosas, combinadas com campanhas de vacinação em massa usando vacinas inadequadas, sem dúvida levarão a uma situação em que a pandemia está ficando cada vez mais ‘fora de controle’”, apontou o Dr. Geert.
    🌡
    “Se nós, seres humanos, estamos comprometidos em perpetuar nossa espécie, não temos escolha a não ser erradicar essas variantes virais altamente infecciosas. Isso, de fato, exigirá grandes campanhas de vacinação. No entanto, as vacinas baseadas em células NK permitirão principalmente que nossa imunidade natural seja melhor preparada (memória!) e induza a imunidade coletiva (que é exatamente o oposto do que as vacinas Covid-19 atuais fazem, visto que cada vez mais transformam os receptores da vacina em portadores assintomáticos que estão espalhando vírus)”, concluiu o virologista e especialista em vacinas Dr. Geert.
    📖 Fonte: https://rairfoundation.com/bombshell-nobel-prize-winner-reveals-covid-vaccine-is-creating-variants/

Deixe uma resposta