SAINDO DA MATRIX POLITICAMENTE CORRETA

0
168

A cada ano, de cada 100 mil brasileiros entre 15 e 29 anos, 34 brancos são vítimas de homicídio e 98 pretos e pardos são vítimas de homicídio.

Mas quem são os responsáveis por esses assassinatos?

Segundo dados do Depen publicados em junho de 2016, o Brasil possuía uma população prisional de 726.712 pessoas, sendo 91% homens (ou seja: cerca de 665.482 pessoas).

Destes homens, 14% estão lá por causa de homicídio ou latrocínio (ou seja: cerca de 93.167).

Dos 93.167 homens pesos por homicídio ou latrocínio, 59% encontram-se privados de liberdade COM julgamento e sentença (ou seja: cerca de 54.968).

Dos 54.968 HOMENS presos por homicídio ou latrocínio COM julgamento e sentença, 55% possuíam entre 18 e 29 anos de idade (ou seja: cerca de 30.232).

Dos 30.232 homens entre 18 e 29 anos de idade presos por homicídio ou latrocínio COM julgamento e sentença, 64% eram pardos ou negros (ou cerca de 19.348) e 35% eram brancos (ou cerca de 10.581).

Resumindo: no Brasil, pela matemática simples a partir dos dados fornecidos pelo Depen, podemos calcular que

1) A cada ano, para cada 100 mil habitantes entre 15 e 29 anos, dos 34 brancos que são assassinados, 13 são assassinados por brancos; e dos 98 negros e pardos que são assassinados, 62 são assassinados por negros e pardos.

2) Negros e pardos matam negros e pardos quase CINCO VEZES MAIS que brancos matam brancos.

3) E é quase DUAS VEZES mais provável um jovem de qualquer raça ser assassinado por um jovem negro que por um jovem branco.

Antes de protestar em nome das “vítimas da sociedade”, deveríamos ser honestos o suficiente para entender exatamente QUEM está transformando essas vítimas em vítimas – e agir preventivamente nisto e não naquilo.

Deixe uma resposta